Ao Calado

Calado, inquieta essa alma quieta
Que quieta quer estar
Porque o quieto certo
Quer inquieto
Caminhar

Anúncios
Ao Calado

Calor em Meio a Lágrimas – Hirasawa Riku

Toda flor precisa de água
Toda flor precisa de água

Lágrimas me tocam
Meu peito dispara
Meu corpo se cala
E minh’alma chora

Mas seu quente abraço
Devolve o calor
A um corpo sem dor
Nosso eterno laço

Lágrimas me cobrem
Mas o seu sorriso
Que no fundo sinto
Somente com ele
Consigo viver

———————————————————————————————————————————————-

Amor é maravilhoso. Alguém duvida? Não devia!

Nós, seres humanos, passamos por dificuldades, tribulações e problemas constantemente, mas ao invés de buscar soluções e caminhos alternativos para contornar as situações adversas, preferimos nos fechar dentro de uma concha e guardar nossos suspiros para nossa própria consciência… Não vemos as coisas que Deus nos mostra continuamente.

Quando amamos alguém, não necessariamente uma paixão, isso nos ajuda a suportar as angústias. Encontramos suporte para os problemas mais obscuros, abrigo para as tempestades mais pesadas e ferrenhas. Entretanto, ao invés de sermos sempre gratos, muitas vezes, culpamos essas pessoas pelas tristezas que não conseguimos justificar, como se aquela pessoa que tanto nos quer bem fosse a responsável!

Caros leitores, o mundo dentro de nós é muito grande. Grande o suficiente para dar morada à acertos e erros, porém, insistimos em orgulhar-nos dos acertos e usar os erros apenas para sofrer e culpar outros pelas nossas dores. Esquecemo-nos do sofrimento alheio que pode ser tão grande quanto o nosso e não nos damos conta, não nos vêm à cabeça a possibilidade de ouvir, porque o nosso umbigo arde muito para que possamos lembrar da ferida aberta debaixo da camisa de seu companheiro… Debaixo da camisa porque não a vemos, mas ela dói!

Cada vez que brigamos com um amigo verdadeiro, com um irmão, ou uma namorada, estamos aumentando essa ferida neles, pois estamos chicoteando quem se importa conosco! Além disso, se o responsável pelas nossas dores for outra pessoa, de que adianta ficarmos ressentidos? Não adianta de nada! Como dizia William Shakespeare: “Guardar mágoa é como tomar veneno e esperar o outro morrer”.

Amigos e amigas, devemos olhar, sim, para dentro de nós, para dentro de nossos corações, pois precisamos nos conhecer melhor, entender nossas fraquezas e frustrações, nossos defeitos, nossas dificuldades. Da mesma forma, precisamos enxergar nossas qualidades, pois é usando-as que podemos ajudar o próximo.

No fim das contas, não existe nenhum remédio mais eficiente para a dor do que o perdão. Além disso, podemos ajudar nossos irmãos cada vez mais à medida que nos propomos a fazer isso! O amor mútuo é a força que pode salvar o mundo, permita que o sorriso de alguém seja sua fonte de alegria, permita que o seu sorriso seja a fonte de alegria de outra pessoa, um sorriso tem um poder muito maior do que muitas palavras juntas.

Calor em Meio a Lágrimas – Hirasawa Riku