Poeta Sem Rumo – Hirasawa Riku

Hoje eu estou desolado
Já não quero escrever
Estou tão chateado
Mas não tenho poder…

Minha criatividade
Já está ofuscada
Se bem que nessa idade
Eu queria uma fada

Talvez com uma musa
Meus versos se enchessem
Com mais de meia-dúzia
De palavras sem blusa

Talvez com a mulher
Toda a poesia
Ganhe mais melodia
Erotismo, ah, é!

Ignore esses meus versos
Já não são racionais
Os prazeres carnais
Iludiram o método

De um poeta sem rumo
E sem uma bandeira
Que na noite espreita
Arrumando seu mundo.

———————————————

Essa é a minha postura em relação a tudo isso que vemos nos dias de hoje…

Anúncios
Poeta Sem Rumo – Hirasawa Riku

4 comentários sobre “Poeta Sem Rumo – Hirasawa Riku

  1. Existem muitos poetas sem rumo e desolados com as coisas que vemos…
    É difícil mas ainda dá pra achar as “musas” nesse mundo.
    Só querer ver.

    Muito obrigado pelo o comentário!
    Pelo o que vejo de seus poemas você é um bom escritor!

    Gostei desse texto!

    Abraços!

  2. JJ disse:

    E seguindo o seu conselho, sou obrigado a ignorar os seus versos, sinceramente não-bons…
    Para o alto e avante! É o que eu diria.

  3. sr. Charmander disse:

    Um tanto indecente ._.
    Mas phodao também *o*

    (Notou que eu nunca tenho outro comentario pra fazer? ._.)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s