Prantos contidos – Hirasawa Riku

Essa melancolia
Tão sutil e aguda
Como uma dor pontuda
E nunca vem tardia

O meu coração sofria
E minh’alma então chorava
De desespero, gritava
Eu sabia, ninguém ouvia

Na solidão, ninguém via
Essa criança chorosa
E que tão só, desgostosa
Nadando em prantos, sorria

Não conhecia a alegria
Só sabia de falsidade
Só assistia crueldade
Gastando prantos, sorria

Sorria sem alegria
Porém, jamais sem motivo
Pois confiar no destino
Necessita de euforia

Uma só pessoa havia
Para se dar proteção
E com tal grande missão
Com muita calma, sorria…

—————————————————————–

Com certeza, poucos me conhecem o suficiente para entender a essência dessa poesia… Poucas cenas me inspiram tanto quanto meu passado, que guarda recordações muito tristes… Não hei de citá-las em público, no entanto, elas me inspiram em muitas poesias, como essa que escrevi agora…

Anúncios
Prantos contidos – Hirasawa Riku

2 comentários sobre “Prantos contidos – Hirasawa Riku

  1. Hi-chan ^^ disse:

    Riku, você escreve muuuitíssimo beeem >_<
    parabéns, parabéns, parabéns *O*
    queria escrever tão bem quanto você *-*
    beijo 😀

  2. Té-chan :D disse:

    Uauuu *-*/
    Riku que..profundo *o*
    * navio afunda*
    eita esse ai foi profundo mesmo ç_ç’..beem so vim mesmo te elogia >_>’
    Parábeeens ‘-‘~
    continua escrevendo taah? ;D

    beejo :*

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s